You are currently browsing the tag archive for the ‘por do sol’ tag.

Ai adoro o Rio de Janeiro, na verdade, não tem como alguém não gostar. As pessoas descontraídas, a paisagem magnífica e aquela praia ali ao seu alcançe tornam a cidade mais e mais gostosa.

Não tinha ainda escrito sobre o Rio aqui mas já foi umas 5 vezes e parece que não conheci nem metade do que queria conhecer. Tem muita coisa para se fazer lá e toda vez que tenho oportunidade volto e fico mais ainda encantada e parece que ainda não consegui ver nada.

Como temos um casal de amigos recifenses e novos companheiros de viagem (oi Paulinho, oi Milla) que estão indo pela primeira vez para lá, resolvi escrever esse post com dicas do que mais gostei.

Bom… quem chega pela primeira vez no Rio não tem como não ir (ou pelo menos não ficar tentado) correndo para o Pão de açúcar e/ou Cristo Redentor. E vá mesmo…por que é lindo demais. 

O bondinho

A vista

Para chegar no Cristo tem duas formas: ou de carro próprio (não sei como faz para chegar por que não fui nenhuma vez de carro, mas dizem que tem que ser alguém que conheça por que as placas estão todas com indicações erradas) ou com trenzinho que passa por dentro da Floresta da Tijuca e deixa você com imagens inesquecíveis.

Bondinho para chegar no Cristo

Chegando lá no Cristo fica-se admirado com a beleza, em dias claros  consegue-se ver toda a cidade: as praias, o Maracanã e etc (em dias nublados não se consegue nem ver a cabeça do Cristo). Quando fui eu almoçei lá em cima mesmo, o preço é mais caro e as opções de comida são limitadas, mas a vista que se tem faz você esquecer rapidinho desses problemas.

“Cristo Redentor, Braços abertos sobre a Guanabara”

A vista de tirar o folêgo

Por falar em praias, nada melhor do que percorrer as praias mais famosas do Rio: Leblon, Ipanema, Copacabana… Na verdade uma é meio continuação da outra e o melhor jeito é conhecê-las caminhando mesmo.

Em Ipanema não deixem de ir no Bar Garota de Ipanema, famoso por ser o bar onde Vinicius de Moraes ficava tomando uns chops e observando todo dia a Helô Pinheiro passar. Na época o nome do bar era Bar Veloso e esse ritual de todo dia acabou dando vida a uma das músicas mais famosa do Brasil: Garota de Ipanema.


Em Copacabana não tem como deixar de ir conhecer o famoso Hotel Copacabana Palace, e a feirinha que acontece a noite no calçadão. Para ter uma vista inteira da cidade e conhecer um pouco da estrutura militar que se tinha ali, uma visitinha no Forte de Copacabana.

A praia de Copacabana


Para ver todas essas praias com uma vista que não vai dar vontade de parar de tirar fotos é o mirante do Leblon… na verdade não sei bem se o nome é esse, mas é um mirante que existe no caminho da Barra da Tijuca.

Aliás está aí outro lugar legal de se conhecer. A Barra da Tijuca é um dos bairros mais afastados do Rio… e te digo é longe meeeessssmmmmoooo… mas as coisas por lá me parece muito mais sossegado… para curtir uma praia por lá a Praia do Pepê é uma das mais movimentadas e onde sempre são flagrados artistas, além de ser lá os teatros onde a maioria dos shows acontecem. Mais para frente ainda da Barra tem a prainha… é bem pequenininha mas lindinha.

Vista de cima da praia da Barra

Porém se você ainda não conhece o Rio e vai para lá com intuito de turistar, a barra não é o melhor bairro para se hospedar, mesmo que você esteja de carro, além de ser muito longe de tudo (vai demorar séculos para chegar em qualquer lugar) em horários de picos os poucos acessos para esse bairro ficam super congestionados.

O Bairro de Santa Teresa é um dos bairros mais charmosos do Rio… em épocas anteriores era o bairro das pessoas ricas e que moravam em construções enormes. Essas construçoes ainda estão por lá e é possível ver as mansões e toda a glória do passado. Hoje virou um reduto cultural, muitos artistas moram lá ou possuem seus ateliês. E consequentemente existem várias lojinhas de artesanato por lá, apesar do preço mais salgado, existem coisas diferentes que não se acha em outros lugares. 

Em Santa Teresa reserve também o almoço por lá existem uma infinidade de restaurantes bons e recomendados por revistas especializadas, e de todos os tipos de comida. Principalmente do Largo Guimarães. 

O jeito mais legal de se chegar até lá é com o famoso bondinho, aquele que passa por cima do aqueduto da Lapa. A viagem de bondinho é bem interessante e vale a pena conhecer o bairro dessa forma.

Um outro passeio imperdível é o Jardim Botânico. Esse parque data da época da vinda real para o Brasil e logo na entrada já tem uma linda “avenida” de palmeiras que datam dessa época. Além disso existem uma diversidade muito grande de fauna e flora (com direito a macaquinhos soltos e tudo mais), um orquidário, um jardim de cactos, e várias plantas incríveis. 

Jardim Botânico com as palmeiras imperiais

Bem pertinho dali tem o Parque Lages, acabamos conhecendo sem querer achando que era o próprio Jardim Botânico e meu deus que lugar lindo!!! O casarão maravilhoso que hoje virou uma escola de artes…

Parque Lages

Para terminar bem o dia… que tal assistir a um por do sol. Eu tenho duas sugestões:

1) Como ir ao Rio de Janeiro e não assistir um por do sol no Arpoador?? Não dá!!! Nada mais romântico do que levar um vinho ou champagne e sentar nas pedras do Arpoador (que divide Ipanema com Copacabana) e assistir um dos mais lindos pores-do-sol.

Arpoador

2) Floresta da Tijuca: esse passeio é legal fazer de carro, vai subindo e descendo nos diversos mirantes com vistas espetaculares. Esta floresta é da época do Império e por toda a sua extensão existe vários dados históricos… Mas o que vale mais a pena mesmo é vista…que é simplesmente magnífica e no por do sol o céu vai mudando de cores. Incrível.

Vista Sensacional

Por do sol


Hoje a cidade que adotei para ser a minha cidade do coração faz 317 anos.

Curitiba para mim é uma das melhores cidades para morar… com muita opção de laser, perto de praias, com um clima gostoso e muitas árvores em volta… ou seja, uma cidade realmente bonita!!!!

E apesar de não ter nascido aqui, me encaixei muito bem e hoje não consigo me ver morando em outro lugar, pelo menos não por enquanto.

Lógico que está longe de ser perfeita, afinal a cidade está crescendo e com ela vem um monte de problemas. O trânsito está ficando terrível, a violência vem aumentando e etc… mas mesmo assim uma das melhores que já morei… com certeza!!!!

Para comemorar essa data queria escrever algo sobre a cidade… algo que eu gosto de fazer por aqui. Já pensei em uma série de posts sobre turismo aqui na cidade… mas sempre acabo deixando para depois.. afinal para mim é muito mais gostoso escrever sobre outros países e cidades… mas acho que até o meio do ano vou ter a desculpa perfeita para escrever… aguardem!!!!

Enfim… voltando ao propósito do post… um dos lugares que mais gosto é o Jardim Botânico, o cartão postal de Curitiba é realmente bonito!!! Ali o pessoal vai para passear, mas os curitibanos também aproveitam o espaço para correr, caminhar enfim de exercitar… 

Como o Jardim fica num ponto mais alto do bairro, tem uma vista linda da cidade que é ainda mais valorizada no final da tarde… aproveitar o por do sol lá deitado na grama descansando de um dia de passeios pela cidade é uma boa pedida… e nada mais romântico também.

Chegue um pouco mais cedo para conhecer o parque de dia… passeie pelos jardins e pelo famoso Palácio de Cristal conhecendo a arquitetura do jardim. Depois dê um passeio ao redor dele… alguns dias tem exposições de orquídeas ou outras flores…

Tire muitas fotos e depois descanse em algum ponto mais alto em um dos bancos ou mesmo no gramado… e aproveite o por do sol com vista para a cidade e na saída observe o Palácio de Cristal todo iluminado.

E depois me diz se essa cidade é ou não é linda!!!!

Em Paris a atraçao que todo mundo espera e tem o desejo de fazer é subir na Torre Eiffel. Sim ela é majestosa e imponente. Está em todo o lugar em Paris… Em todo o lugar que você olha provavelmente terá ela como pano de fundo.

Subir em seus andares é mágico, surpreendente, especial e essencial para quem vai a Paris. Recomendo que suba até o último andar… a diferença de preço não é tão grande e com certeza vale a pena ver o Arco do Triunfo e entender que Paris vive em volta dela e das 5 ruas que sai a partir dele.

Mas ao meu ver existe a hora certa de subir na Torre Eiffel. E o finzinho do dia é simplesmente PERFEITO. Vai por mim… Assistir o pôr-do-sol em cima da Torre é indiscritivel… a coisa mais linda e romântica que se pode fazer, principalmente se for na sua 1, 2 , 3 …. lua de mel… ou simplesmente uma viagem com o seu amor ao seu lado.

Acho que o por do sol em Paris deve ter 2 partes.

1) Suba na Torre Eiffel perto do fim do dia (o horario vai depender da epoca do ano que você estará em Paris, no verão, perto das 22:00, no outono/inverno lá pelas 18:00 – 19:00) mas suba enquanto ainda é dia, assim você poderá ver todas as ruas e as atrações turísticas lá de cima… Imperdível!!! E aproveite para passear la em cima pelos 3 andares… vá parando e aproveitando a vista. Aguarde o por do sol que magnífico, as luzes da torre vão ascender enquanto você ainda estará lá em cima e é maravilhoso!!! E depois ainda de quebra você verá toda a cidade iluminada!!! Mostrando todo o charme… É divino!!!!



2) No segundo dia… passeie bastante pelo nas proximidades da Torre.. aproveite para visitar o túmulo de Napoleão que é ali pertinho. Perto do fim do dia passe em um supermercado e compre baguetinho, queijinhos (existem queijos maravilhosos lá) e um vinho francês delicioso (quem sabe até um espumante / champagne) e leve tudo para fazer um piqniq nas gramas da Champs de Mars… guarde aquele lugar esperto com vista para a Torre… e aguarde o por do sol lá mesmo… Assistir a torre se ascender dessa forma é sensacional!!!!


Vai por mim… Sua viagem a Paris será inesquecível…


Quer falar comigo???

carpediem.blog@hotmail.com

Destinos

Redes Sociais

Twitter Button from twitbuttons.com

O Carpe Diem também faz parte do…

portal
bloglovin

Campanhas!

Mais fotos...