You are currently browsing the tag archive for the ‘montevideo’ tag.

Em Montevideo é muito fácil de ir do ponto A ao ponto B sem gastar muito. Tudo depende de onde você está e para onde quer ir.

Vamos partir do começo:

  • Chegada ao Aeroporto: 

           Ao chegar do aeroporto você vai perceber que não tem taxi algum por perto. No aeroporto existe apenas os taxis executivos que utilizam tarifas bem mais caras do que a tarifa normal (pelo menos o dobro). Os taxis normais você conseguirá apenas se tiver sorte de um deles estarem deixando algum passageiro ou então você pode ligar no número 141 e pedir um taxi. E sim gente com o nosso celular brasileiro, se habilitado para uso internacional, consegue ligar sim. A média da corrida de taxi do aeroporto até o hotel Ibis fica em torno de 500 pesos uruguaios ou R$ 50,00*.

* Cotação do mês de junho.


  • Circulando por Montevideo:

        Em Montevideo os taxis (amarelo e preto)  são relativamente baratos, com motoristas simpáticos e a maioria fala português praticamente fluente. São muito cordiais mesmo, quando fomos ao estádio do Centenário estava fechado para visitação; o taxista parou conversou com o funcionário desligou o taximetro e disse que podiamos entrar que ele nos esperaria… sim gente.. ele DESLIGOU o taximetro. 

          Dependendo da distância você pode tranquilamente andar a pé. Na verdade gostei bastante de andar a pé; é tranquilo, seguro e muito gostoso. Andar pelas Ramblas (beira do rio da prata) principalmente no por do sol é algo divino e inesquecível. Ali no centro histórico, na região principal, são curtas as distâncias e tranquilo para andar a pé. Apenas lugares mais distantes como Parque Rodó, Punta Carretas, Estádio Centenário é necessário um outro meio de transporte.

        Na verdade, apesar de barato, os taxis em Montevideo, além de velhos não são nada confortáveis. O banco traseiro é bem apertado e completamente separado do motorista por uma divisória de madeira e vidro.  Entretanto o lado positivo é que todos os preços são tabelados. Então você entra no taxi e já vê uma tabelinha que você depois pode verificar se o motorista está cobrando certinho. E TODOS os taxistas que pegamos logo em que entramos já ligou o taximetro, então nada daquela coisa (que acontece muito por aqui) de você entrar e o cara cobrar o que quer.

 

  • Circulando pelas demais cidades:

             Nós fomos apenas para Colônia Del Sacramento. Para se deslocar até lá alugamos um carro (cerca de U$ 50,00 a diária), a locadora leva o carro até o hotel, mas atenção se for domingo você terá que ir até o aeroporto pegar o carro. A estrada é bem boa, fácil de chegar até lá basta contornar as ramblas e  seguir sempre reto e finalmente chegará lá. Em Colônia não é nem um pouco necessário andar de carro… tudo é perto de tudo e é uma delícia andar a pé.

          Outra opção é  ir de Montevideo para Colônia de ónibus. Não é tão caro cerca de U$ 18,00 a passagem, pelo que eu sei o ônibus não é muito confortável mas dependendo da sua disponibilidade (de tempo e dinheiro) pode ser uma boa opção.

Colônia Del Sacramento


Anúncios

Em Montevideo um dos passeios mais legais de se fazer e conhecer o Mercado del Porto e comer a famosa Parrillada!!!!

Aiii que delicia!!!! O Mercado nao fica em uma regiao muito bonita da cidade nao… como o proprio nome ja denuncia o mercado fica na frente do porto. Mas a sua volta tem varias lojinhas legais e algumas pracinhas bonitinhas e pitorescas e lojinhas legais de fazer umas comprinhas….

Dentro no mercado a unica coisa para se fazer e comer… e como se come bem!!! Apesar de existir lojinhas mas elas se reservam a 2 ou 3!!! 

Mas vou falar que o passeio nao deixa de ser maravilhoso.. por que a comida tradicional do Uruguai e a PARRILLADA!!!! Na verdade e tipo um churrasco mesmo… mas as carnes sao as mais variadas possiveis… desde de chorizo (que para eles e uma especie de linguica deliciosissima) ate o fillet mignon…. Mas a carne mais deliciosa que comemos por la foi o “Entrecot”. Nos foi indicado para a gente pelo garcom do restaurante e vou dizer que valeu a indicação.

Por falar em restaurante la no Mercado você pode escolher entre comer no balcao ali na frente do “churrasqueiro” ou entao sentar em mesas como em um restaurante mesmo… apesar de ser um pouco mais caro… vale pelo lugar mais legal e com charme alem do que nao se sai com cheirao de fumaca (quer dizer com menos cheiro de fumaca)

Comemos no restaurante El Pelenque. E foi maravilhoso….


Quer falar comigo???

carpediem.blog@hotmail.com

Destinos

Redes Sociais

Twitter Button from twitbuttons.com

O Carpe Diem também faz parte do…

portal
bloglovin

Campanhas!

Mais fotos...

Anúncios