You are currently browsing the tag archive for the ‘Italia’ tag.

Hoje é Valentine’s Day ou dia dos namorados em muitos países. Em comemoração, a Mirela (@mikix10) do Blog Mikix fez um post das 5 viagens mais românticas que ela fez com o maridão e resolveu soltar no twitter a idéia!!! É lógico que adorei, afinal tem algo melhorar para comemorar qualquer data do que uma viagem a dois?

Antes do casamento o stress do trabalho misturado com os preparativos da festa e da reforma do nosso apartamento estava tão grande que o marido (então noivo) resolveu me fazer uma surpresa e me levar para Fernando de Noronha. Chique né!? Foi perfeito viver 1 semana longe de tudo e de todos e só curtir nós dois sem se preocupar com nada.

Nossa lua de mel foi uma road trip pela Itália passando por lugares lindos, vinhedos e com uma parada em Paris com direito a piqniq na frente da Torre Eiffel durante o por do sol tomando champagne da região.

Nessa viagem foi minha vez de fazer uma surpresa para o maridão. O roteiro era para ser apenas a Nova Zelândia mas como o niver do Filipe caia no meio da viajem programei uma esticadinha surpresa até essa ilha paradisíaca no meio da Lagoa Azul em Fiji e terminou com um jantar na areia da praia a luz de velas coroado com um bolo e todo o hotel cantando HAPPY BIRTHDAY. Tudo combinado com o pessoal do hotel escondidinho.

Para comemorar nosso terceiro ano de casamento resolvemos fazer uma viagem em alto estilo. E a Tailândia foi a escolhida, um sonho nosso de anos (afinal faziam 3 anos que estávamos tentando ir para lá e não conseguíamos). Koh Phi Phi foi o auge, alugamos um long tail boat só para a gente e passávamos o dia inteiro em praias maravilhosas mergulhando e deitando ao sol. Lindo!

Todo ano gostamos de curtir o inverno em algum lugar do Brasil que tenha pousadinhas românticas. A Serra do Rio do Rastro até hoje foi imbatível. Passear pelos vinhedos e provar bons vinhos, curtir o friozinho e a neblina que a serra tem e depois ir para o quarto que tinha vista para um lago tomando um delicioso vinho de frente para a lareira privativa do quarto. Só tenho uma coisa a dizer: Saudades!!!

E as suas? Quais foram as viagens mais românticas que você já fez com o seu amor?

Sigam a Hashtag #ValentinesBlogCol para ver os posts de todos o que participarão

Happy Valentine’s Day!!

Blogs participantes:

–  Andarilho Mundo

– Arquivo de Viagens

– Carpe Diem

– MauOscar

Mikix no Mundo

– Trilhas e Aventuras

– Turomaquia

– Ziga da Zuca

/

Uns Tanto Outros Nada

Meus 7 links

Anúncios

Chegar em Assis é surreal, resolvemos fazer esse pit stop quando estávamos saindo de Roma e se dirigindo para Florença… quando de repente se avista uma cidade lá no alto toda envolta por uma muralha, como se fosse um filme medieval. A chegada já impressionou.

Ao alto: a cidade de Assis

Para quem chega com carro a cidade é um pouco dificil de andar, deixe o carro estacionado fora das muralhas em um estacionamento regularizado e mais seguro. As ruas são super estreitas e sinuosas, mas ainda assim o melhor jeito de conhecer a cidade é a pé; mas vá preparado a cidade é cheia de subidas e descidas.

Subidas e descidas típicas da cidade

Mas a cidade é linda e mais do que isso é uma cidade que traz consigo a religiosidade de um dos santos mais queridos e conhecidos da igreja católica, São Francisco de Assis!

São Francisco nasceu em 1182 em Assis. Os pais de Francisco faziam parte da burguesia da cidade de Assis, e graças a negócios bem sucedidos na França conquistaram riqueza e bem estar. São Francisco doente começa sua conversão gradual, se dedica a dar esmolas e oferece até suas roupas aos pobres, tem visões e começa a desprezar o dinheiro e as coisas mundanas. Até que ele se encontra com um leproso, lhe dá esmola e um beijo, e este acontecimento marcou tanto a vida dele que, dos muitos fatos ocorridos em sua vida, este foi o primeiro que entrou em seu Testamento.

Santinhos distribuídos na Basílico

Em um certo dia São Francisco entrou para orar na igreja de São Damião, fora das portas da cidade e por meio do Crucifixo de São Damião Jesus falou a Francisco: “Francisco, reconstrói minha Igreja”. São Francisco reconstruiu três pequenas igrejas abandonadas: a de São Damião, a de Santa Maria dos Anjos e a de São Pedro, porém Jesus não falava apenas da reconstrução material, mas também de toda a igreja, começando ali a ordem de São Francisco de Assis, que prega a humildade, o amor, a simplicidade, o amor aos animais e a fraternidade. Durante a sua vida, São Francisco também recebeu as chagas de Jesus crucificado em seu próprio corpo.

A cruz hoje se encontra na Igreja de Santa Clara, a primeira seguidora mulher de São Francisco. A cruz chega a emocionar. Várias orações ali são feitas e pedidos são deixados. Aliás na igreja de Santa Clara é possível ver toda a sua trajetória de devoção, assim como São Francisco abdicou de uma vida de privilégios e por ser uma das primeiras mulheres a virar religiosa sofreu muito preconceito. Na parte inferior também é possível ver a tumba de Santa Clara.

A cruz na Igreja de Santa Clara (p.s.: me desculpem a qualidade da foto)

O ponto alto da visita em Assis é a Basílica nova e reformada do próprio São Francisco para onde em 1230 os ossos de São Francisco foram levados, hoje visitada por milhares de pessoas. A parte de cima tem a igreja principal toda decorada com pinturas sobre a vida de São Francisco, lindo de viver.

A Basílica de São Francisco de Assis e o seu interior cheio de pinturas

Os ossos do santo ficam na parte de baixo da Igreja em uma espécie de tumba. Pouco iluminada e úmida, porém com uma força e uma energia incrível. Ali é um local de oração mesmo, sendo possível ascender velas para suas preces, colocar seu nome para a missa e lógico, contribuir com a igreja. Aliás nessa parte de baixo tem várias capelas, e quando fomos tinha até uma missa em português e outra em inglês.

Além de visitar os lugares por onde São Francisco passou, aproveite a visita, a cidade é lindinha, uma delícia para se passear sem rumo, pela ladeiras, contornando a muralha, comendo muito bem (afinal restaurantes tipicamente italianos com comidas deliciosas não faltam por lá) e apreciando uma vista de tirar o fôlego, já que a cidade fica no alto e está na Umbria uma das regiões mais lindas de se visitar e passear.

Vista linda de cima da cidade de Assis

 Toda viagem gera expectativas, fanáticos por viagem planejam cada lugar e cada cidade que se quer visitar. Pontos turisticos imperdiveis, restaurantes que nao se pode deixar de ir, lugares com vistas fabulosas… 

Eu acho que a maioria dos lugares se aproveita muito mais quando se planeja, quando se pesquisa e sabe exatamente onde ir… Assim nao corre o risco de se fazer coisas básicas. Mas sempre e bom também deixar margem para o inesperado por que de vez em quando voce se acha num lugar maravilhoso que nunca chegaria la se nao fosse o improviso.

   Algo parecido aconteceu na nossa lua de mel: Estavamos na Toscana e quem vai para a toscana na Italia quer ir em algum vinhedo mas nao tinhamos lido nada sobre algum passeio especifico em em guias e nem em blogs por ai.

Um dia estavamos passeando por San Gemignano que tem o turismo bem voltado ao vinho, tem ate um (pequeno) museu do vinho e perguntamos sobre algo parecido. O rapaz muito bem educado e paciente nos explicou que naquela regiao o vinhos predominante era o CHIANTI CLASSICO e no caminho para Florenca existiam diversos e bons vinhedos onde poderiamos inclusive comprar vinho diretamente do produtor. Demos um tempo e resolvemos entao seguir para Siena sempre procurando algum vinhedo legal, odiamos Siena e resolvemos voltar mas cedo para Florenca… foi quando avistamos a placa acima e resolvemos segui-la.

E que surpresa boa!!!! A Strada Del Chianti Classico (ou Galo Negro como e conhecido esse tipo de vinho da região) e uma estrada estreitinha, sinuosa e que passa por 4 cidades deliciosas e pitorescas:

Castellina; Radda; Gaiole e Montevarchi. Cidades lidinhas, cheia de flores por todos os lados (apesar de estarmos em pleno outono la), e com cada vista simplesmente INCRIVEL!!!!

Rodeados por vinhedos por todos os lados e acompanhados deles, Oliveiras.

Algo realmente surpreendente e surreal!!!

Em cada vilarejo tem dezenas de vinhedos onde se pode parar almoçar, provar um bom vinho, comprar garrafas de chianti (direto do produtor) e um maravilhoso óleo de oliva extra-virgem (compramos balsâmico também mas nessa região o forte mesmo e o extra virgem).

Na nossa próxima passagem pela Toscana com certeza passaríamos mais tempo nesse belo local. 

Um maravilhoso programa tipicamente Toscano.

Oliveiras na Estrada de Chianti Classico

Vista maravilhosa da Estrada de Chianti

Quer falar comigo???

carpediem.blog@hotmail.com

Destinos

Redes Sociais

Twitter Button from twitbuttons.com

O Carpe Diem também faz parte do…

portal
bloglovin

Campanhas!

Mais fotos...

Anúncios