You are currently browsing the tag archive for the ‘curitiba’ tag.

Natal Curitiba

Galeria de Luz

Continuando sobre os posts especiais de Natal, chegou a hora de falar sobre um dos mais bonitos espetáculos da cidade: a Galeria de Luz do calçadão da XV.

Galeria de Luz - apresentacao

A atração foi inaugurada ano passado e já se transformou em uma das mais lindas da cidade. Durante os dias 04/12 a 20/12 no calçadão da rua XV, próximo a loja C&A, são colocados inúmeros portais de luz. Mas deixe para conhecer nas terças, quartas e quintas quando, além do portal iluminado, existe as 20:30hr uma apresentação de bailarinos, música, acrobacias e dança.

Galeria de Luz Curitiba

Esse ano a apresentação é entitulada “Sobre Anjos e Luz” e dura cerca de 45 minutos que passam sem você perceber. A apresentação acontece basicamente nos ares. Bailarinos e acrobatas são erguidos em guindastes para contar a história dos anjos. Além dos acrobatas, tem muita dança, balé e música clássica e, é lógico muita luz.

IMG_1308

Movimentos graciosos dos “anjos”

IMG_1275

É realmente um espetáculo muito bonito e vale a pena ser visitado. Apesar de ser no centrão da cidade, o calçadão estava muito bem policiado e seguro, e a cidade estava movimentadíssima, já que várias das atrações de Natal ocorrem por ali perto. Não existia muvuca e estava super tranqüilo e sem empurrões. 

IMG_1371

Apresentação de balé

IMG_1335

Recomendo muito para adultos mas principalmente para as crianças que ficavam hipnotizadas pelos anjos “voando”. Lindo de ver! 

IMG_1409

Ao final do espetáculo, as luzes dos portais se ascendem

programacao

• Programação Completa

• Galeria de Luz

Casa do Papai Noel

Natal Curitiba

Se você estiver em Curitiba durante o mês de dezembro, uma surpresa o espera: Há alguns anos Curitiba prepara um Natal de primeira que não fica perdendo para nenhuma outra cidade brasileira. 

São feiras de artesanato, gastronomia, corais, espetáculos, exposições, apresentações e muita iluminação. A programação começa no dia 04/12 e algumas atrações ficam até o final de janeiro a grande maioria gratuita ou por preços irrisórios.

Separei as mais importantes e bonitas da estação:

Palácio Avenida HSBC: Esse é o espetáculo mais tradicional de Curitiba. Na época do Natal o lindo e histórico prédio do banco HSBC (também conhecido como Palácio Avenida) fica todo iluminado e enfeitado e recebe nos finais de semana um lindo coral de crianças carentes. É algo imperdível para quem nunca foi.

Quando? Todas as sextas, sábados e domingos, a partir de 30/11/12 até 16/12/2012 as 20:15

Onde? Palácio Avenida, calçadão da rua XV

Slide1

Galeria de Luz: A atração, estreada ano passado, que conta com arcos iluminados, enfeita todos os dias o calçadão da rua XV, porém nas terças, quartas e quintas uma apresentação linda acontece logo ali.

Quando? Todas as terças, quartas e quintas, a partir de 04/12/12 até 20/12/2012 as 20:30

Duração? 45 minutos

Onde? Calçadão da rua XV, em frente a loja C&A

Slide1

Natal Encantado na Praça Santos Andrade: A praça, sede da Universidade Federal do Paraná, se enfeita e acontecem cantos, contos e apresentações de auto de natal que encantam crianças e adultos. Possui também uma feirinha de natal com opções de artesanato e gastronomia.

Quando? Feira, iluminação e contos de Natal, todos os dias das 19:00 as 22hrs a partir de 06/12/2012 a    22/12/12.  Auto de Natal, quinta a domingo, as 20:30

Duração? 40 minutos

Onde? Praça Santos Andrade, em frente a sede da UFPR

Slide1

Paço da Liberdade: Iluminação, apresentação de músicas e danças, decoração natalina e uma linda e enorme árvore de Natal

Quando? Espetáculo Natal no Paço, dias 11, 12 e 13 de dezembro, as 20:30

Onde? Paço da Liberdade, Praça Generoso Marques

Slide1

Árvore Encantado do Hotel Radisson: Um coral de crianças e uma estrutura iluminada criam uma enorme árvore de Natal

Quando? 07, 14, 19 e 21 de dezembro, as 22:30

Onde? Praça do Japão, em frente ao Hotel Radisson

Slide1

 Casa do Papai Noel: Decoração natalina, venda de produtos de artesanato, e apresentações

Quando? A partir de 07/12 a 21/12, das 18:00 as 22:30

Onde? Parque da Fonte, São José dos Pinhais, região metropolitana

Slide1

 Feiras de Natal: várias feirinhas gastronômicas e de artesanato acontecem pela cidade toda.

Quando? Todos os dias até 21/12/2012, das 10:00 as 20:00

Onde? Praça Osório e Praça Santos Andrade

Slide1

Essas são apenas algumas (das muitas) atrações natalinas que Curitiba está proporcionando esse ano, se você quer saber mais sobre essas e sobre os outros eventos acompanhe tudo no Site Natal Curitiba, aqui no blog, no nosso twitter (segue lá @cristomasi) e na página do facebook (curte lá CarpeDiemBlog).

Além de todas as apresentações, a cidade está inteira enfeitada e iluminada com decorações natalinas. Está tudo muito lindo. Definitivamente vale a pena colocar Curitiba no seu roteiro natalino. A cada ano a cidade se empenha ainda mais em proporcionar uma experiência única aos turistas e moradores.

Galeria de Luz Curitiba

Galeria de Luz

programacao

• Programação Completa

Galeria Luz

APESAR DE TUDO, AINDA ACREDITO NA BONDADE HUMANA 

– ANNE FRANK –

É com essa frase de Anne Frank que começa o passeio a um dos mais novos museus de Curitiba, o Museu do Holocausto (o primeiro do Brasil sobre o assunto).

 Ás 9:00 de hoje, domingo, já estamos em frente a Sinagoga Beit Yaacov, no seu anexo funciona o novíssimo Museu do Holocausto (inaugurado em fevereiro/2012). Depois de um rigoroso procedimento de segurança (é proibido entrar com bolsas e máquinas fotográficas) conhecemos a nossa guia, uma simpática judia responsável por toda a coleta de material referente aos testemunhos de sobreviventes do museu.

Sinagoga Beit Yaacov

O museu é um prato cheio para quem (assim como eu!!) adora história. Lá é possível ver testemunhos de sobreviventes que vieram para o Brasil e principalmente ao Paraná; contando as histórias de terror e do quanto libertador e assustador foi o fim daquilo tudo. 

Fotos de tragédias como a “Noite dos Cristais”, “Marchas da Morte” e dos terríveis campos de concentração e de extermínio pela Europa estão disponíveis. Objetos que remetem a discriminação horrível que os judeus sofriam como passaportes com a letra “J” em que eram obrigados a ter, a estrela amarela que eram obrigadas a costurar nas roupas, um capacete de um soldado nazista e até uma página do Torá queimada durante a Noite dos Cristais.

Folder do museu

O que achei muito legal no museu é que, mesmo tendo a companhia de uma guia, tudo por lá é muito interativo. Você pode escutar os próprios sobreviventes contando suas histórias.

Destaque para a parte onde são homenageados os JUSTOS, pessoas que não eram judias e, mesmo correndo riscos, ajudavam os judeus a se esconder ou a fugir, inclusive uma brasileira Aracy de Carvalho Guimarães Rosa, esposa do escritor Guimarães Rosa que trabalhava na Alemanha na época da guerra e emitia vistos clandestinos que ajudavam os judeus a fugir para o Brasil.

As visitas são gratuitas e os horários de funcionamento são bem restritos, mas ATENÇÃO as visitas guiadas, ou não, devem, obrigatoriamente, ser agendadas pelo site do Museu (www.museudoholocausto.org.br).

Mais sobre Curitiba:

Jardim Botânico

Universidade Livre do Meio Ambiente

Museu Oscar Niemeyer

Parque Tingui e o Memorial Ucraniano

• Museu do Holocausto

Festival de Teatro de Curitiba

Tapetes de Corpus Christi

Restaurante Madero

Formas de visitar Morretes

• Dica: Em um feriado, quando não se viaja, a melhor coisa é turistar na sua própria cidade.

• Cidade e Foto: Curitiba, Memorial Ucraniano do Parque Tingui.

• Descrição: Curitiba é conhecida por suas dezenas de parques, mas somente no Tingui você consegue conhecer um pedaçinho da Ucrânia. Na verdade por lá existe uma réplica da Igreja de São Miguel Arcanjo que foi construída pelos imigrantes ucranianos na cidade de Marechal Mallet. O Memorial foi inaugurado para comemorar o centenário desses imigrantes. O lugar é lindo e o memorial de deixar qualquer um de boca aberta. Na igreja acontece uma exposição sobre a Ucrânia, ao fundo tem escultura de uma pêssanka (aqueles ovos coloridos) e uma área verde enorme bem propício para um piqniq.

Escultura de uma Pêssanka (ovos coloridos que simbolizam todas as coisas boas)

Curitiba faz hoje, 29 de março, 318 anos!!! Essa cidade, que não é minha de berço virou minha de coração. Não só por que foi aqui que eu e minha família resolvemos fixar residência, construir um negócio do zero, estudar faculdades, encontrar o amor da minha vida, mas por que a cidade é linda e cativante mesmo.

Todos falam que curitibano é frio, eu não concordo, foi aqui que conheci as melhores amizades que tenho e conquistei uma outra família para chamar de minha.

Além das belezas do povo, a cidade é linda mesmo. Com ruas amplas e muito arborizadas, parques em cada lugar que se olha, Curitiba faz a gente querer ficar. Por aqui no blog já falei de dois dos parques que mais amo: O Parque Unilivre e o Jardim Botânico; mas não é só de parques que a cidade vive… o Museu Oscar Niemeyer também é um lugar imperdível na cidade.


Além das exposições fixas e itinerantes (veja a programação aqui) a arquitetura dele é imperdível. Chamado carinhosamente pelos curitibanos de “Museu do Olho” , é passagem obrigatória para quem vem visitar a cidade. O apelido é dado por causa da estrutura em anexa que tem o tal formato e é ligado ao prédio principal através de um túnel e também abriga exposições.

Brincando nos cones – foto clássica do museu!!

Se conseguir faça um tour a noite pela cidade (que é sempre bem iluminada) e passe por lá… garanto que vai render fotos lindas!!!

O museu fica no bairro Centro Civíco, atrás da prefeitura, e também é um dos pontos de parada da Jardineira que faz passeios pela cidade (assunto para post futuro).


Hoje vou dar uma dica sobre restaurante para quem está vindo conhecer a minha cidade de coração: Curitiba.

Aqui um dos restaurantes que está fazendo o maior sucesso é o Madero. Considerado o melhor sanduíche da cidade, ainda tem massas e carnes deliciosas.

O chef (Junior Durski) é o mesmo que o do restaurante chiquetérrimo: Durski (assunto para outro post) e é premiadíssimo. O ambiente é um rústico chique cheio de mesas com madeiras e lustres enormes, um ambiente super aconchegante.

Apesar dos outros pratos, o famoso mesmo é o sanduíche, mas vá com bastante fome para aproveitar também as entradas deliciosas que tem por lá; destaque para o Palmito na Brasa e o Queijo Coalho.

O legal também é que estão abrindo em várias localidades da cidade, facilitando o acesso. Além do original no Largo da Ordem (parte histórica da cidade) abriu também no Cabral, nos shoppings Estação e Palladium e até em Bal. Camboriú (Santa Catarina).

Fica a dica para quem está vindo para Curitiba

Há duas formas de ir de Curitiba até Morretes. Uma é de carro pela Serra da Graciosa, a antiga estrada dos tropeiros (contei sobre esse passeio aqui) e outra é de trem pela Serra do Mar, desfrutando de paisagens lindasss. E foi esse passeio que fizemos no final de semana do feriado.

O passeio de trem é realizado pela Serra Verde Express, ela detem junto com a ALL o funcionamento da linha férrea do Paraná, a serra verde a parte turística e a ALL o transporte de cargas. Os ingressos podem ser comprados direto na ferroviária de Curitiba (do ladinho da rodoviária que fica bem perto do Jardim Botânico ou então do Mercado Municipal, se quiser aproveitar um dia de passeio para comprar) e recomendo comprar antecipado, principalmente no verão.

Nos dias de semana e nos sábados o trem vai apenas até Morretes, entretanto nos domingos é possível visitar também Paranaguá, a cidade portuária do Paraná. Além disso é possível escolher também a classe que se quer viajar,existe a classe econômica, turística (que se diferencia por servir um lanchinho com bebidas), executiva (diferença que o kit vem com cerveja) que saem as 08:30 da manhã da ferroviária.

Ainda tem a opção do passeio ser feito com uma litorina (um dos 20 trem de luxo do MUNDO), é bem mais caro mas deve ser um passeio interessante; a litorina sai mais tarde as 09:30 e tem uma paradinha no meio do caminho para tirar fotos.Achei o máximo!!

Mas dessa vez escolhemos a classe turística mesmo e achei barato pagamos R$ 66,00 por um trecho. O passeio é todo explicado por uma guia que vai contando toda a história da ferrovia que começou a ser construída em 1880  e foi inaugurada em 1885.

Foi construída por imigrantes e foi muito polêmica a sua construção isso devido a dificuldade da engenharia apresentada. A primeira viagem durou cerca de 9 horas (detalhe que a nossa durou cerca de 2hrs 30 min) e até hoje a estrada de ferro permanece a mesma sendo que apenas os dormentes são trocados periodicamente. 

Durante toda a viagem é possível ver as antigas estações , onde o trem parava (hoje, exceto a litorina, não é feito nenhuma parada) e os casarões, bares e lanchonetes ainda estão lá. Pena que todos em precárias condições e com mato cobrindo toda a sua fachada (exceto a de Piraquara – FOTO). Porém, segundo a guia, há diversos projetos em andamente com o intuito de restaurá-las e fazer novamente as paradas.

Estação de Piraquara

Além dos casarões é possível ver a represa do ipiranga, a cascata Véu de Noiva (linda!!), a ponte São João, túnel do diabo, Parque do Marumbi (e o pico do Marumbi, o ponto mais alto do Paraná), além de passar por 13 túneis.

Cascata Veu de Noiva

Ponte São João

Parque Marumbi

Ahhhh qual o melhor lado para sentar no trem??? Os dois!!! Sim… infelizmente é preciso virar bem amigo do vizinho ao lado pois vocês vão precisar se ajudar se quiserem tirar fotos. A veio da noiva, santuário do cadeado, ponte São João e muitas das estações ficam do lado esquerdo, a represa e algumas das melhores vistas dos túneis são do lado direito e o parque do Marumbi tem vistas para os dois lados.

Ao chegar na estação de Morretes, é praticamente hora do almoço e nada mais propício do que comer o bom e velho BARREADO. Sim.. afinal passeio em morretes sem barreado não é passeio em Morretes.

Barreado – comida típica

Aqui eu citei 3 restaurantes e eu estava loucaaaa para provar a comida do Villa Morretes e dessa vez conseguimos chegar a tempo de pegar uma mesa. O restaurante fica a beira do Rio Nhundiaquara e tem várias meses bem na beiradinha… o ambiente é excelente, lindo e aconchegante. O dono te atende ao entrar e o conduz até a sua mesa, chegando nela um simpático garçom traz o seu barreado.


Algo bem legal que achei é que na entrada tem um fogão onde fica uma conzinheira terminando de preparar o seu barreado (nesse restaurante o barreado já vem misturado com a farinha)… Muito legal!!! E super recomendado!!!

Depois dá tempo apenas de dar uma voltinha pela praçinha da cidade, comprar as balas de banana tão famosas da região e ver as lojinhas de artesanato e voltar para a cidade.


Para a volta a Curitiba tem algumas opções em vista: 

1) voltar com o trem da tarde, se não me engano sae da estação as 16:30

2) voltar com vans, não se preocupe existem várias bem na saida da estação ferroviária e é possível comprar ali mesmo 

3) se tiver alguém com você que se habilite a não realizar o passeio de trem e descer de carro a Serra da Graciosa, pode te pegar lá em Morretes.

4) Existe apenas 1 companhia de ônibus que faz o trecho de volta (Viação Graciosa). Existem diversos horários basta escolher se quer ficar mais ou menos tempo. A compra deve ser feita diretamente na estação rodoviária (saindo da estação ferroviária vire a direita e ande 2 quadras) e custa cerca de R$ 13,00. Os ônibus são super confortáveis com ar condicionado e tudo. Existe duas rotas que os ônibus fazem ou via BR ou então subindo a Serra da Graciosa, basta ver os horários disponíveis. Nós compramos o ticket no momento que chegamos em Morretes mas acredito que na alta temporada seja melhor comprar junto com o ticket do trem.

Enfim foi um dia bem cansativo, mas muitoooo legal!!! Quem vem para Curitiba vale a pena separar 1 dia para esse passeio.

Aproveitamos que uns amigos de Recife vieram para Curitiba para passear pela nossa própria cidade. E um dos lugares que eu ADORO e acho LINDISSIMO em Curitiba mas que vou muito pouco é a Universidade Livre do Meio Ambiente.

Esse é um lugar em Curitiba muito pouco divulgado, a linha turismo até para por lá, mas poucas pessoas descem… acredito que por não ser tão famoso, mas já lhe digo que vale a pena descer sim.

Entrada do Parque

A entrada do parque (apesar do nome de Universidade é um parque) é no meio de mata… e você pode pensar: “Será que vale a pena mesmo entrar?” Eu volto a repetir…. Entre sim…

Lá funciona uma organização não-governamental que promove projetos relacionados ao meio ambiente. Com espaço para palestras, exposições e etc tudo relacionado ao assunto.

Espaço para cursos e exposições

Ao atravessar a mata… chega-se num lugar lindo… com uma pedreira e um lago completando a paisagem.

Do outro lado do lago está o prédio onde fica a administração e a parte de exposições e cursos. Em volta dessa estrutura tem uma escada onde é possível chegar ao topo de um mirante onde a vista é linda!! A subida apesar de parecer torturante é bem tranquila e lá de cima é possível tirar fotos lindas.


Vista do mirante

Enfim apesar de ser meio longe da cidade, mas é perto de outros parque que também valem a visita como o Bosque do Alemão. Então é possível programar seu passeio para esse lindissimo parque sem perder muito tempo, além do que tem uma parada da linha turismo bem na frente. Portanto programe-se !!!

Nessa quinta feira de feriado (03/06) foi comemorado o Corpus Christi, celebração muito famosa e importante para os católicos.

Comemora tanto a morte crucificada de Jesus quanto o seu renascimento e no Brasil é celebrada através de uma missa e depois uma procissão do Bispo em cima dos tapetes coloridos que enfeitam as ruas.

Essa tradição veio desde Portugal, trazida a nos através da colonização e até hoje é realizada em todo o Brasil. Ontem pude presenciar a confecção dos tapetes e vou te dizer que o trabalho é lindo!!!

Aqui em Curitiba, a grande maioria dos tapetes tinha o tema da própria eucaristia e era realizado por congregações, escoteiros e fiéis e usavam materiais como serragem colorida (a grande maioria) , flores naturais e tinham até alguns com materiais reciclados (bem legal!!!). E sempre todos bem coloridos.

A rua escolhida foi a Cândido de Abreu que une a catedral com o Centro Cívico e uma multidão de gente passava olhando e admirando os tapetes. Com o som da missa espalhada pela rua inteira.

Nunca tinha ido antes e achei lindo!!! Quem estiver por aqui no próximo feriado vale a pena dar uma conferida!!!


Hoje a cidade que adotei para ser a minha cidade do coração faz 317 anos.

Curitiba para mim é uma das melhores cidades para morar… com muita opção de laser, perto de praias, com um clima gostoso e muitas árvores em volta… ou seja, uma cidade realmente bonita!!!!

E apesar de não ter nascido aqui, me encaixei muito bem e hoje não consigo me ver morando em outro lugar, pelo menos não por enquanto.

Lógico que está longe de ser perfeita, afinal a cidade está crescendo e com ela vem um monte de problemas. O trânsito está ficando terrível, a violência vem aumentando e etc… mas mesmo assim uma das melhores que já morei… com certeza!!!!

Para comemorar essa data queria escrever algo sobre a cidade… algo que eu gosto de fazer por aqui. Já pensei em uma série de posts sobre turismo aqui na cidade… mas sempre acabo deixando para depois.. afinal para mim é muito mais gostoso escrever sobre outros países e cidades… mas acho que até o meio do ano vou ter a desculpa perfeita para escrever… aguardem!!!!

Enfim… voltando ao propósito do post… um dos lugares que mais gosto é o Jardim Botânico, o cartão postal de Curitiba é realmente bonito!!! Ali o pessoal vai para passear, mas os curitibanos também aproveitam o espaço para correr, caminhar enfim de exercitar… 

Como o Jardim fica num ponto mais alto do bairro, tem uma vista linda da cidade que é ainda mais valorizada no final da tarde… aproveitar o por do sol lá deitado na grama descansando de um dia de passeios pela cidade é uma boa pedida… e nada mais romântico também.

Chegue um pouco mais cedo para conhecer o parque de dia… passeie pelos jardins e pelo famoso Palácio de Cristal conhecendo a arquitetura do jardim. Depois dê um passeio ao redor dele… alguns dias tem exposições de orquídeas ou outras flores…

Tire muitas fotos e depois descanse em algum ponto mais alto em um dos bancos ou mesmo no gramado… e aproveite o por do sol com vista para a cidade e na saída observe o Palácio de Cristal todo iluminado.

E depois me diz se essa cidade é ou não é linda!!!!

Quer falar comigo???

carpediem.blog@hotmail.com

Destinos

Redes Sociais

Twitter Button from twitbuttons.com

O Carpe Diem também faz parte do…

portal
bloglovin

Campanhas!

Mais fotos...

Mais fotos