You are currently browsing the tag archive for the ‘Argentina’ tag.

A Região do Vale de Uco é simplesmente a mais bonita de toda Mendoza. Por ser a mais alta e mais perto da Cordilheira, tem vistas lindas e (dizem…) um dos vinhos mais gostosos (justamente por causa da alta altitude). 

Entretanto ela é a mais distante de Mendoza, cerca de 1 hr, a estrada passa pelo Vulcão Tupungato (pegamos ele coberto de neve, lindo!) e pela cidadezinha pitoresca de mesmo nome. 

No caminho…

A cidadezinha é cheia de praçinhas, bem arborizada e florida, cheia de casinhas lindinhas, sem falar nas ruas limpíssimas… uma graça!!!

A – Chegando na cidade de Tupungato; B – Cidadezinha de mesmo nome

C – A vista e os vinhedos do Vale de Uco; D – Vulcão Tupungato

Essa bodega é realmente pequena, nem os vinhedos ficam na mesma propriedade e a parte de engarrafamento dos vinhos também é terceirizada; mas essa foi uma das visitas que mais gostei. Por que? Simplesmente por ser pequena e bem familiar.

Assim que chegamos fomos apresentados a enóloga da bodega que nos explicou TODO o procedimento de fabricação dos vinhos e pudemos provar vinhos nas diferentes etapas de sua fabricação, algo completamente diferente de todas as visitas que fizemos.

Olha a vista… lindo!!!

Provamos vinhos dos tanques de aço inox que ainda não terminaram o seu processo de fermentação, e por isso são extremamente ácidos, provamos vinho diretamente das barricas de carvalho francesas, que permitem um ótimo paladar, e finalmente, depois de pronto e engarrafado. A parte mais legal de todas as visitas com certeza.

Provando vinho direto do tanque em aço inox….

… e depois direto da barrica de carvalho! 

UAU!!! Foi esse a primeira palavra que falamos quando entramos nessa bodega. A propriedade é simplesmente lindíssima, a mais bonita que estivemos sem dúvida alguma. Com vinhedos a perder de vista e um visual dos Andes de tirar o fôlego de qualquer um. Aproveite para chegar antes do horário da visita para poder tirar inúmeras fotos.

A visita também foi legal apesar de não ser privada como algumas que fizemos em outras bodegas, conhecemos todo o prédio que é lindamente decorado e novamente nos explicaram a fabricação. Na degustação, existem 5 tipos diferentes.

Mas o mais legal mesmo foi relaxar na varanda da bodega tomando um vinho, namorando e aproveitando a vista dos vinhedos e dos Andes.

Relaxando…

Lá tem um restaurante bem legal para aproveitar e fazer uma harmonização durante o almoço. O restaurante conta com poucas mesas (por isso a importância de reservar), um local super aconchegante e a mesma linda vista da varanda. Infelizmente não ficamos para o almoço por que já tínhamos outra reserva, mas ficamos com água na boca. 

Restaurante e sua cozinha aberta

Vista do restaurante

Da Andeluna voltamos para Lujan de Cuyo, não para visitar uma bodega mas sim para visitar um dos hóteis mais exclusivos e mais bonitos de Mendoza: Cavas Wine Lodge. 

Na entrada já fomos recebidos com uma taça de vinho e encaminhados para a nossa mesa que fica em um lindo terraço com uma vista maravilhosa e privilegiada da Cordilheira. 

Olha que maravilhoso esse terraço do restaurante

O serviço é impecável, todos muito cordiais, a comida deliciosa, o local lindo, e a carta de vinho contém os melhores vinhos da cidade. Vale muito a pena conhecer e se deliciar com o almoço.

Vista da piscina e de um dos quartos

Não preciso dizer que o almoço durou até umas 16:00 da tarde né?! Na volta… um descanso merecido para aproveitar a noite e dar uma voltinha na cidade.

Vista do hotel

\

|

• A minha Mendoza

Contratando Remis

• Escolhendo as bodegas

Bodegas de Lujan de Cuyo

Bodegas de Vale de Uco

Apesar da rixa futebolística entre nós e os nossos hermanos argentinos (ainda mais sendo o técnico o Maradona) eu AMO a Argentina e apesar de já ter vários roteiros planejados para conhecer da Argentina, por enquanto só se concretizou Buenos Aires mesmo.

Então enquanto eu não planejo de vez as datas para voltar as terras argentinas vou matando a saudade por aqui. Dessa vez vou falar de uma feirinha que foi uma espécie de achado lá em Buenos Aires: A Feirinha de San Telmo.


Essa feira acontece apenas aos domingos e é um ótimo pretexto para se conhecer o bairro, que é cheio de lojas de roupas de couro (e que ficam abertas durante a feira lógico). 

A feira é de antiguidades então imagina as quinquilharias que se vende por lá. Na verdade não se vende a mãe por lá por que pegaria feio… mas está quase lá.

Para se ter uma idéia cheguei a ver caixas com dinheiro velho (não confundir com antigo, é velho mesmo, rasgado, sujo e na maioria das vezes pela metade), vidro de esmalte (duro!!), e unhas postiças usadas, mas tem muita coisa legal também.


Tem talheres antigos em prata, rádios antigos, e muita antiguidade boa e com preço legal!!! Mas a feirinha vai além disso!!! É um ótimo lugar para se ver apresentações de Tango na rua mesmo, com pessoas reais (Lindo por sinal!!) e para comprar presentinhos e lembrançinhas para os amigos e famílias.

Tango na rua

Em volta da praça onde é a feira tem também vários restaurantes para comer alguma coisa ou simplesmente bater papo bebendo uma água ou um café. Sem falar nos prédios antigos que tem em volta (antigos cabarés, casas que viraram uma espécie de shopping com várias lojas dentro), igrejas lindas (inclusive a mais bonita foi uma bem no começo da feira).


Enfim é uma ótima idéia de passeio para quem está conhecendo a capital portenha.

Depois de visitar a Casa Rosada em Buenos Aires, siga pela Avenida de Mayo (aquela bem na frente da praça onde a mesma está situada) até chegar no Café Tortoni. É um pouquinho longe mas dá para ir andando tranquilamente, é um passeio gostoso e que dá para aproveitar bem.


Esse café, datado de 1858, é o mais tradicional e antigo da Argentina inteira (ainda em funcionamento) e participou bem da história do país pois recebia muitos artistas, políticos e intelectuais tais como Carlos Gardel, Roberto Durval, Gabriela Sabatini etc. 

O café é todo decorado com antiguidades, bem charmosinho, com mesas de sinuca ao fundo, estátuas dos seus visitantes ilustres e um palco pequeninho de tango numa sala mais reservada. Mas atenção: Para conseguir assistir a um espetáculo de tango lá é bom reservar com antecedência e chegar bem cedo também pois lota bastante.

Sala reservada ao espetáculo de Tango

Mas se você não pretende assistir ali um show de tango… o café abre de manha ate a noite e com uma comidinha bem gostosa.

Apesar de nos dias atuais ter virado atração para turista, vale muito a pena visitar esse lugar que já teve uma importância histórica para o país.



Quer falar comigo???

carpediem.blog@hotmail.com

Destinos

Redes Sociais

Twitter Button from twitbuttons.com

O Carpe Diem também faz parte do…

portal
bloglovin

Campanhas!

Mais fotos...