Confesso que, em nossos planos originais, queria fugir do Hotel Atlantis. Sabia que era um mega hotel, com várias torres, centenas de quartos e muita gente disputando o mesmo lugar na piscina, praia, restaurantes e etc. Tudo extremamente oposto do que procuramos e gostamos em nossas viagens.

Foto clássica do hotel Atlantis

Entretanto, pesquisando mais afundo decidimos ir além das ilhas que normalmente as pessoas visitam quando vão as Bahamas: Paradise Island (ilha onde fica o hotel Atlantis) e Nassau (capital e principal ilha e conectada a Paradise Island através de uma ponte). Decidimos que iríamos dividir nosso tempo entre a capital e alguma ilha paradisíaca menos  conhecida com direito a passar meu aniversário e muitos momentos românticos com lindas paisagens: Exumas.

Com o roteiro decidido, chegaria a hora de escolher os hotéis. Foi então que resolvemos aproveitar a bagunça do Atlantis em Nassau e ficaríamos em uma pousada mais intimista na próxima etapa da viagem. E a decisão não poderia ser mais acertada para o nosso roteiro.

Todo hóspede recebe uma fitinha vermelha que dá acesso a várias partes do hotel

O hotel é composto por 5 hoteis diferentes espalhados por uma enorme área de lazer entre piscinas, tobogãs, lazy river, praia com água cristalina, restaurantes, cassinos, uma enorme marina e muitos, mas muitos, animais marinhos. É realmente impressionante. E tem atividade para você ficar uma viagem inteira lá dentro sem repetir um dia sequer.

Mais um aquário

Ficamos no Coral Tower, é a segunda torre mais simples, porém com muito conforto, máquina de café no quarto com produtos Starbucks, room service 24hrs, quarto e banheiro amplo.

Quarto da Coral Tower

Quanto ao hotel? Hóspedes tem acesso gratuito em todos os brinquedos e atrações do hotel, exceto nas interações com os animais (cobradas a parte) como o Dolphin Cay, interações com as arraias, tubarões e etc também são extras e tem desde a alimentar a nadar com esses animais.

Dessas interações todas, a que fiz questão de experimentar (e tenho que confessar que era um sonho meu) foi a interação com os golfinhos e foi fantástico, uma experiência incrível mas que será dedicado um post só sobre dele.

Sonho realizado: Nadar com os golfinhos!

Para conhecer o hotel, resolvemos dedicar o dia seguinte a nossa chegada nas Bahamas para relaxar e aproveitar o que conseguíssemos (confesso que 1 dia é muito pouco). O ponto alto é o tobogã cuja queda é no escuro e quando se vê está em um aquário cheio de tubarões, sensacional!!

Pelos passeios vai encontrar muitos aquários, seja de tartarugas marinhas, tubarões, arraias. Mas o mais bonito é o aquário Predator Lagoon, cujo corredor e teto são inteiros de vidro e é possível ver inúmeros tipo de tubarões, estrelas do mar, peixes, corais, Incrível!! Ao sair, você se deparará com o restaurante Lagoon Bar & Grill ali é a melhor vista do hotel e de onde se tiram aquelas fotos lindas!

Predator Lagoon

Passear pela área externa do hotel é se surpreender a cada curva, jacuzzis, inúmeras piscinas (seja de onda ou apenas um lugar gostoso para relaxar), e muitos animais.

Uma das muitas piscinas de tubarões

Bateu fome? Dentro do hotel existem deliciosos restaurantes de todos os tipos (desde fast foods até restaurantes sofisticados), porém os melhores se encontram na marina e na vila da Marina (Marina  Village) que fica fora do hotel, onde durante todo o ano, nas noites de sexta e sábado as 21:00 hrs é possível ver uma pequena amostra do Junkanoo, o carnaval de Bahamas que ocorre em dezembro e janeiro. Muita música, fantasias e diversão.

A vila cheia de boas opções de restaurantes e lojinhas charmosas

Demonstração do Junkanoo (carnaval das Bahamas)

Cansou da piscina? a praia se encontra logo ali. Com espreguiçadeiras estrategicamente colocadas com vista para um mar lindo e cristalino.

A linda praia do hotel 

 As muitas atrações que o hotel oferece em um só lugar, com muita facilidade de interação entre os animais.

 Recomendo muito para famílias com crianças, elas ficam enlouquecidas com tanta atividade

 Apesar de ser um hotel grande, não é com sistema All Inclusive (que eu detesto), por causa disso existem muitas opções de refeições deliciosas e que também não te “obriga” a ficar somente no hotel.

 Existem muitos lockers e chuveiros fora dos quartos, portanto se o seu voo sai somente a noite, você pode aproveitar o dia inteiro e tomar um banho antes de ir para o aeroporto

 O hotel é realmente muito grande, difícil de se conhecer tudo e aproveitar tudo, principalmente para quem não gosta de ficar as férias inteiras dentro de um hotel

 Não é o lugar mais romântico do mundo, portanto se você quer algo mais íntimo o melhor é procurar outro hotel

• Dependendo das piscinas, elas ficam muito lotadas. Sempre procure as mais escondidas. Filas nos brinquedos também podem ser esperadas

Eu gostei muito da experiência e recomendo! Aproveitamos muito tanto a praia, quanto o hotel (apesar de sair com a impressão de que não conheci nem metade do lugar).

Aproveitando uma das piscinas

Se você não gosta de muita gente em volta, e tiver grana no bolso, existe a opção mais exclusive do hotel The Cove que tem uma área e piscina reservada para quem se hospeda nessa torre.

Não te convenci a se hospedar aqui? Não tem problema! Você pode passar o dia aqui comprando o passe diário diretamente no hotel.

Bahamas em vídeo

• Hotel Atlantis: Vantagens e Desvantagens

 

Anúncios