Após conhecer o cartão postal da cidade corra para a região mais central. Desça na estação de metro “Charles de Gaulle – Étoile” e atravesse o túnel subterrâneo onde você pode comprar as entradas para conhecer a estrela de Paris, o Arco do Triunfo. Do seu último andar também é possível ter uma linda vista da cidade e da Torre Eiffel.

Vista da cidade do topo do Arco do Triunfo (Foto by Gabi)

Saindo do Arco você estará na rua comercial mais famosa da cidade e do mundo, a Champs Elysees. A rua foi originalmente construida para unir os lados oeste e leste da cidade e assim ter uma passagem para o Rei da França.

Arco do Triunfo (Foto by Gabi)

Vá caminhando pela rua, passeando e apreciando as lojas super chiques (apesar de também ter algumas lojinhas baratinhas) como Cartier, Louis Vuitton e etc, faça um “people watching” e aprecie os restaurantes com suas mesinhas nas calçadas; se planeja almoçar por aqui vá preparado por aqui os preços são bem salgados.

Ao final da Champs Elysees, se encontra a Place de la Concorde, praça famosa, conhecida por ser o local onde o Rei e a Rainha da França foram executados.

A famosa Champs Elysees (Foto by Gabi)

Ao atravessar a praça você vai encontrar dois museus, o Musée de l’Orangerie, onde se pode ver os famosos quadros das Nymphéas de Monet e do outro lado o Musée Jeu de Paume.

Foto by Gabi

Mais a frente se encontra o lindo Jardim de Tuileries, perfeito para dar um passeio, andar na famosa Roda Gigante (Roue de Paris) e conhecer as galerias com lojas de marca.

Jardim de Tuileries (Foto by Gabi)

A roda gigante (Foto by Gabi)

Não deixe de passar pela Colette, a loja é grande e você encontra de tudo um pouco; por ali também é o lugar perfeito para experimentar e se refrescar com a bebida Granitas, ou apreciar um Barbe a papa (algodão doce) e os famosos crepes de nutella. 

Foto By Gabi

Ao final do jardim está localizado o Museu de Artes Decorativas (Musée des Arts Decoratifs) onde sempre tem exposições temporárias bem interessantes (quando fui, vi a exposição sobre Marc Jacobs e Louis Vuitton) e ao lado o famoso Louvre.

Quem nunca ouviu falar do Louvre, não é mesmo? Por lá tem uma seleção imensa de obras, desde peças do Egito, esculturas até as famosas pinturas como a Monalisa. Se você quer conhecer uma boa parte do acervo sugiro tirar um dia especialmente para visitá-lo. Lá é possível alugar um audio guide com rotas específicas bem fácil de seguir; além de ter restaurantes onde é possível descansar e almoçar sem sair do museu. 

As pirâmides do Louvre (Foto by Gabi)

Para aqueles interessados apenas em ver uma pequena parte, sugiro ir após as 18:00 horário que tem poucas pessoas e portanto mais tranquilo. Não deixe também de conferir o horário de encerramento, pois muitos dias (principalmente no verão) o museu fecha apenas as 21:00 hrs.

Se puder programar o passeio para o primeiro domingo de cada mês sua visita será gratuita.

Saindo do Louvre, outro lugar imperdível para se conhecer é o Jardim do Palais Royal, lugar tranquilo e maravilhoso para descansar desse passeio todo. Estação de metrô: Palais Royal – Musée du Louvre. 

Jardim do Palais Royal (Foto by Gabi)

Quer ver mais sobre o Diário de Viagem da Gabi por Paris?

Torre Eiffel

Champs Elysees & Louvre

Anúncios