Geralmente não faço muitos posts sobre os restaurantes que vamos nas viagens. Por que na verdade nunca procuramos um restaurante renomado ou algo assim. Simplesmente vamos em algum restaurante que já está no roteiro do passeio, seja por que é perto ou por que simpatizamos com o lugar. Nenhum lugar em especial.

Apesar de fazer a mesma coisa descobrimos que Barbados tem inúmeros restaurantes e cantinhos deliciosos. Com comida boa, diversão e ambiente delicioso. Temos 3 opções que realmente marcou e acho que vale a pena dividir aqui com vocês.

Nós ficamos na praia de Rockley Beach (ou Accra Beach) e logo ao lado descobrimos o Boardwalk (aguarde post) que nada mais é do que uma espécie de calçada que contorna a praia (me lembrou a de Jurerê Internacional em Floripa), fomos passeando, tirando inúmeras fotos e foi quando nos deparamos com esse charmoso restaurante.

O Tapas é na verdade uma espécie de restaurant-bar você consegue comer tanto no bar como em mesas. A especialidade deles, como o próprio nome diz, são os inúmeros tapas, que são comidas estilo finger foods (sabe aquelas porções pequenininhas?) porém tem pratos grandes também.

O astral não poderia ser melhor, eles têm inúmeros drinks (inclusive caipiroska – adorei por sinal) e os barmans são figuras a parte. Na parte do bar luzes piscam e do lado de fora tochas com fogos iluminam o local. Uma delícia.

A dica mais importante é reservar, o restaurante é novo mas já foi descoberto tanto pelos turistas quanto pelos próprios locais e a espera pode ser longa. Mas tente ir em um final de semana a noite, sábado ou domingo, onde o lugar é ainda mais animado.

Em Mullins Beach tem outro cantinho super agradável, o restaurante com o mesmo no da praia (Mullins Bay Restaurant) é praticamente na areia da praia. Com um cardápio bem gostoso e comidinhas leves que tem tudo a ver com um almoço na praia.

E a minha última dica fica por conta do Daphne’s. Em uma das praias imperdíveis da ilha: Paynes Bay. Olha a vista do almoço:

Preciso dizer mais alguma coisa?? O lugar também é um charme e acredito que a noite seja uma opção mais chique. A comida também foi uma delícia, comemos um spagetti com lagosta simplesmente divino.

Ao lado do restaurante, tem um hotel que achei demais (pena que não descobri antes) chama-se The House (são deles essas cadeiras azuis que aparecem na foto), o hotel é pequeno e bem reservado, vale a pena a consulta.

As primeiras impressões

• Dirigindo em Barbados

• Dicas de restaurantes

• Bridgetown – a capital

• As praias (parte I)

• As praias (parte II)

•• O blog foi destaque no portal eletrônico Visite Barbados (para ver o post clique aqui)

Anúncios