Com a chegada do carnaval me bateu vontade escrever sobre um dos carnavais mais divertidos que já tive.

Não é a toa que o Carnaval do Rio de Janeiro é um dos mais famosos do mundo. É realmente um espetáculo… e mesmo que você (assim como eu) não curta tanto samba e carnaval achará que é uma experiência e viagem que vale super a pena.

O Rio de Janeiro respira, transpira e vive Carnaval nessa época do ano, desde desfiles das escolas de samba, passando por blocos de rua e bailes fechados. Resolvemos curtir o carnval de lá de três maneiras: Blocos de Rua, Assistindo o desfile das escolas de samba e desfilando propriamente dito.

Blocos de Rua invadem a cidade

Os Blocos de Rua estão em todo lugar, em todos os bairros e a toda hora do dia (seja dia ou noite). Resolvemos curtir um bloco diurno e em uma área histórica da cidade: Cordão do Boi Tatá, na praça XV de Novembro.

Pudemos conhecer um pouquinho da história não só da cidade como do país todo e ainda curtir o carnaval. Por ali ficava o Paço dos Vice-Reis e Paço Imperial, além do Chafariz da Pirâmide que abastecia as embarcações no cais antigo, junto é possível também ver resquícios do cais antigo. Ali atrás, atualmente, fica o local de saída dos ferries para Niterói e outras regiões.

Passeando por ali, também é possível ver ruas estreitas e super pitorescas cheias de barzinhos. Ali perto também fica a Igreja da Candelária e mais a frente o Centro Cultural Banco do Brasil. Ou seja um passeio completo

Ruas pitorescas, Curtindo o bloco e o Chafariz da Pirâmide

Mas existem blocos pela cidade toda, na rua paralela a Av. Atlantica de Copacabana pegamos blocos, além do Jardim Botânico e Morro da Tijuca, enfim em todos os lugares existem blocos maiores ou menores. O legal é que o Rio de Janeiro encarna mesmo todo o clima e todo mundo sai na rua fantasiado, sem problemas… a vontade para curtir mesmo a festa.

Depois de curtir vários blocos de rua com muita confusão e sim muito fedor de xixi pelas ruas (infelizmente!!!) fomos pegar nossos ingressos para assistir o desfile das escolas de samba do grupo especial no sambódromo. Como não conseguimos comprar ingressos diretamente resolvemos comprar através de uma agência de turismo lá do Rio mesmo (desculpa mas vou ficar devendo o nome da agência, já não lembro mais, mas com certeza existem inúmeras).

O que achei até bom… Primeiro por que o transporte para ida e volta até o sambódromo estava incluso (o que achei ótimo já que para achar lugar para estacionar nosso carro alugado ou para achar um taxi na saída era um pouco difícil e arriscado), os ingressos estavam lá e a única coisa que precisamos fazer foi buscar no dia do desfile na sede da agência.

Com ingresso na mão basta esperar o ônibus nos horários previstos por uma tabelinha (que vem junto com os ingressos) e que passa em vários hoteis da cidade. Tudo muito organizado!

Escolhemos o setor 11 por diversos motivos, não era o mais caro (esse seria o setor 9, por estar bem ao lado da bateria), não era o mais barato (que ficam ou bem no começo ou bem no final do sambódromo e convenhamos o desfile ali já não está tão bonito), mas ao mesmo tempo estávamos perto o suficiente da bateria para sentir toda aquela emoção.

Tenho que confessar é emocionante ver a bateria passar

Lá dentro é uma alegria só… Recebemos o livrinho com todos os sambas enrredo e acredite até o final de cada escola você saberá cantar de trás para frente. Uma delícia!!! Sem falar no show de cores, alegria, brilhos!!! É realmente tudo muito lindo e contagiante.

Os abre alas, alas, carros alegórios, a bateria, alas das baianas… tudo é lindo demais!! É inacreditável o que o pessoal das escolas de samba conseguem fazer na avenida. Emociona mesmo ver tudo aquilo ao vivo e a cores.

Quando cansamos (por que cansa!!! E como!!) e quisemos vir embora. O combinado era que existiria um ônibus nos intervalos entre cada escola de samba em um lugar pré-determinado (o mesmo que o ônibus nos deixou) e nos levaria nos mesmos hoteis que nos pegaram… tudo certo!!! Assim como o combinado, acordado e pago! (super recomendado)

Volto a indicar esse tipo de serviço,.. é prático, confiável, seguro e se, stress.

LINDO!!!

No dia seguinte era o grande dia!! O dia do desfile. Escolhemos uma escola de samba (no nosso caso Salgueiro) que não fosse tão tarde e nem tão cedo (fomos os segundos a desfilar) e que tivesse fantasias que não fosse tão coberta (afinal o Rio de Janeiro é muito quente e ninguém queria assar na fantasia) e também não tão pelada (não preciso comentar né?! hehe).

Para comprar a fantasia foi super fácil, e funciona assim para qualquer escola que você queira desfilar, entramos no site da escola e ao escolher a fantasia ligamos para o número ao lado (cada fantasia tem um diretor artístico diferente e é ele quem reserva, confecciona, e entrega a fantasia daquela determinada ala). Combinamos valores, forma de pagamento e a forma como iríamos pegar a fantasia.

Confesso que dá um pouco de medo, mas no fim deu tudo certo. É super tranquilo. Reservamos a fantasia mais ou menos com 3 a 4 meses de antecedência e na hora de buscar a fantasia é possível pedir para entregar (eles cobram um taxa por fantasia) no seu hotel, porém como estávamos de carro resolvemos pegar na casa do diretor da ala. Super tranquilo.

O mais engraçado da história toda é chegar até a concentração, se vestir é uma risada só e é praticamente impossível decifrar a fantasia e se vestir sozinha. Para chegar até o desfile resolvemos pegar o metrô e confesso que realmente é a melhor maneira: além de parar bem na pertinho do sambódromo, todo mundo vai de metrô então a festa já começa ali mesmo… além de você atrair todos os flashes dos turistas.

Ao chegar na concentração procure a sua ala; é tudo um pouco bagunçado mas no fim todo mundo se acha. O responsável da ala virá e ajudará com maquiagem (se tiver), ajudará a colocar a “cabeça” da sua fantasia (se tiver) ou qualquer outra coisa. A espera é demorada confesso, mas é engraçado ver todo mundo se arrumando, os carros alegóricos sendo montados e todo mundo ficando bêbado e tendo que entrar nos banheiros químicos com fantasias cheias de plumas.

Concentração

Na hora do desfile em si… muita emoção… a bateria começa a tocar, os fogos anunciam o início do desfile, todo mundo (inclusive você por favor!!! não vai desfilar sem saber o samba enredo por que perde metade da graça) cantando o samba enredo, todos a postos, carros alegóricos prontos… ai que frio na barriga.

Quando a sua ala vira a esquina e finalmente entra no sambódromo a emoção do público na arquibancada é contagiante… Não tem como descrever, apenas sentir!!!! Chegando lá, apenas aproveite o momento.. é demais!!

É claro que você só está se divertindo e aquilo para muita gente ali tem algo maior em jogo. Portanto respeite… siga a regra deles… não se disperse muito da sua ala, procure não deixar espaços vazios. Mas ao mesmo tempo não se importe com o cara que vai ficar gritando na sua orelha.

Aproveite muito!! Por que é muito gostoso e passa muito rápido!! É uma perspectiva e reação completamente diferente de quando você estiver na arquibancada.

E aquela avenida enorme e aqueles 90 minutos passam como um furacão de tão rápido. Ao chegar na apoteose, já vá tirando sua fantasia, fique com o minimo possível, isso por que você estará tão cansado, tão extasiado que irá querer pegar um taxi rapidinho.

Algo que realmente precisa ser experimentado pelo menos 1 vez na vida!!


Anúncios