Sim… a principal atração de Rotorua são os parques geotermais, porém nem só de enxofre vive a cidade.

O centro é uma graça, isso incluindo o centro de informações turísticas, com uma igreja anglicana delicada. Um city tour, que pode muito bem ser feito a pé ou de carro,não demorará mais que uma tarde. Com certeza!

Fonte: http://www.mappery.com

Começe perto do War Memorial com uma volta no Lago Rotorua , um imenso lago de origem vulcânica e cheio de cisnes cinzas lindos!


Vá caminhando e aproveitando a paisagens, se for de manhã cedo tire um tempo para tomar café da manhã em muitos dos cafés que existem ali.

Lago Rotorua

Contornando o lago dará de cara com o Government Garden, lindo!!! Como já contei aqui esse foi um dos primeiros prédios turísticos de Rotorua e era na verdade um spa que se aproveitava das águas medicinais da região.

Hoje o prédio todo reformado virou um museu e vale muito a pena a visita para quem gosta de história. Ele conta um pouco das guerras que a Nova Zelândia, do surgimento da cidade de Rotorua (conforme contei aqui)  e um pouco sobre o prédio. Bem legal mesmo!! É um museu pequeno, não vá esperando um Louvre da vida, mas achei bem interessante.



E os jardins, ahhh os jardins que lindo!! Flores de todos os tipos de cores, a sua direita está o Blue Baths que hoje também é um spa de águas termais naturais. E passeando pelo jardim você vai achar inúmeras fumarolas.


Seguindo um pouco mais o lago, vai encontrar o Polynesian Spa. Esse vale a pena viu?! São banhos termais deliciosos. Eles possuem vários tipos de banhos e massagens. Os banhos tem desde a área familiar com piscinas com tobogãs para crianças e etc até salinhas privativas com e sem vista para o lago. Além de várias piscinas enormes de vários tipos porém públicos. O preço vai depender do que você escolher.


Nós pagamos NZ$ 26,00 por pessoa para a piscina privativa com vista para o lago, se for analisar não é caro e é um ótimo relaxante depois de um dia de andanças pela cidade. E apesar de sairmos de lá cheirando enxofre foi uma delícia.

Nossa piscina privativa no Polynesian Spa com vista para o lago

Para conhecer a cidade de cima, um pouco mais longe, mas nem tanto é de cima do Mount Ngongotaha (um antigo vulcão) onde na metade está o Skyline Skyrides. A vista é bem legal e dá para ver a cidade toda. A subida é através de gôndolas para aproveitar bem o passeio, a descida pode ser feita do mesmo jeito ou se você gosta de adrenalina tem os luges, espécies de trenó que descem em toda a velocidade. Parecem ser bem legais.

A gôndola

Lá em cima tem um restaurante onde é possível fazer todas as refeições do dia, uma lojinha de souvenirs (a lojinha é mais cara lógico mas dê uma olhada com carinho pois vi algumas coisas bem legais e que não achei em loja nenhuma) e mais alguns esportes radicais como luges, um skyswing (que e uma espécie de pêndulo gigante para duas pessoas) e um teleférico.


Viu?! Não falei que Rotorua era muito mais que cheiro de ovo podre?!

• Introdução a Rotorua

• As áreas geotermais

Bate e volta de Rotorua:

• Taupo

• Cavernas de Waitomo


Anúncios